http://instagram.com/k_carrasqueira

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

187

Poema nº 187

Eu perco o veio das palavras
que se encontram
tão tristes e tão entrelaçadas
dentro do meu mundo
que hoje parece um porão.

Acordo, noite.
Durmo, dia.
Sinto de longe o cheiro
da tempestade que se aproxima.
Tenho tanto medo
que me afogo por antecipação.

01 de Agosto de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário