http://instagram.com/k_carrasqueira

sábado, 25 de agosto de 2012

Poema nº 111

Poema nº 111

Sofre de tempos em tempos
de toda e qualquer falta
de esperança.
Se te entendo, não me acho.
Do contrário, não te entendo.
Mas já espero.
Não sei se em mim ou em você.
Tão completos e distantes,
de tanto que nos queremos,
nos separamos.

30 de Dezembro de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário